23.11.16

Sonho bom!


Sonho bom, quando vira realidade, faz o coração transbordar...
Hoje, 23/11/2016, as 8:28h, nasceu a Elisa. 
Linda, rosada, 3.510kg, perfeitinha!
Beijos Dude e Isara! 
Obrigada por esta felicidade! 
Que ela seja muito feliz e tenha muita saúde! 

21.11.16

Tão linda!


Pelotas, por Paulo Rossi.


Adoro essa cidade.
Sou grata por tudo o que vivi aqui.
Cidade natal dos meus netos...

Querendo

Sandálias nude, bijuterias bacanas, vestidos fresquinhos, maxi camisas, bronzeado...
Coisas que ando querendo muito, para esse verão!

Área externa



Adoro!


Sabrina Sgarbi






Essa gaúcha perdeu 80kg, virou miss e se orgulha do seu corpo...
Vale a pena ler essa história de força, superação e alegria!

Divagações sobre... peras!



Vi essa foto e lembrei que pertenço ao grupo de mulheres que tem o corpo em forma de pera.
As principais características são coxas grossas e bumbum grande. Muitas dessas mulheres também têm quadris largos, busto pequeno, cintura definida e ombros estreitos.
Preciso, ao menos, me inspirar na foto e ficar uma cor bronzeada, nesse verão! Kkkkkk!

Gostei dessas dicas:
"O truque é chamar o máximo de atenção para a parte superior do corpo, ou seja, se joga nas blusas coloridas, lenços e colares, você pode usar blazer e jaquetas com ombreiras, que aumentam o volume na parte superior e dão mais equilíbrio pro seu corpo. Nesse corpo o ponto forte é cintura fina então usar faixas, pences e cintos que marquem a cintura vão te valorizar muito, além de blazers e casacos mais acinturados.
Para diminuir os quadris, aposte em calças com corte reto ou flare e, a menos que você queira parecer uma casquinha de sorvete, evite as calças skinny.
Saias e vestidos evasê ou godê feitas em tecidos fluidos e com a cintura mais marcada, vão fazer você parecer mais magra, e vestidos no formato envelope, que amarram na cintura, é garantia de sucesso!
Cores escuras nessa região também são favoráveis. Aproveite os braços finos e deixe-os à mostra com blusas de mangas curtas ou alças finas. Ah, um belo salto sempre vai valorizar e alongar a silhueta. Quanto as bolsas, o ideal é que elas tenham alças curtas para serem levadas no ombro ou na mão."(Daqui.)

Thylane Blondeau



Considerada a "menina mais bonita do mundo", 
a francesa Thylane Blondeau fez 15 anos em 2016 e continua fazendo sucesso. 

Para dançar...


É tão bonito a gente desenhar um sonho ao lado de alguém. De olhar no fundo do olho da pessoa e saber que é ela. Isso é único. E muito, muito especial.
Quem tem um amor assim sabe do que estou falando. É uma sensação quase inexplicável de paz. Acho que é o mais próximo que conseguimos chegar de nós mesmos.

Clarissa Corrêa

19.11.16

Chuva e sol, em Satolep




Um dia de cada vez


"Aprendi que devemos viver cada dia encontrando beleza nas flores e na poesia."
Imagens Pinterest.


Não valorizar mais as tristezas do que as alegrias. As perdas, do que os ganhos. O passado, do que o presente. As desistências, do que a luta. 
Nunca perder a alegria, a esperança, a fé e o sorriso.
É nisso que tenho me concentrado...

16.11.16

Ana Clara Garmendia

- O Nirvana
"Eu não sou dona da moda, da sua história, eu não inventei a roda, eu não criei a luz, nem a fotografia e tampouco lancei o carro elétrico. Não criei Paris, não sou dona de porra nenhuma. Apenas expresso-me com o desejo de mostrar o que vejo, à minha maneira, não tenho tempo de olhar o terraço da vizinha, só de dar uma batida de olho no gatão que está devante os meus olhos dentro de um apertado vagão de metrô ou mesmo no aparelho de musculação em frente ao que estou malhando. Eu não sou dona da porra toda. Sou só alguém que odeia o mimimi da hipocrisia e do oi querida. Prefiro ser assim. Ver do meu jeito. Expressar como posso. Sem buscar estar na liderança das pesquisas como a top não sei de que. A minha bolsa de marca ou as minhas bolsas de marcas estão todas velhas e eu acho todas desnecessárias para o meu bem estar. Eu não quero aparentar. Eu não quero dourar a pílula. Eu apenas quero ter prazeres pequenos e reconfortantes como uma boa e cheirosa cama no pequeno apartamento alugado em Paris. Sem ser a it - chique - master- super. Só sendo eu mesma e carregando a boa experiência que trago ao longo dos anos de profissão. E com isso alcançar o nirvana de ser eu mesma. Sem complexo ou frustrações. 

Desabafo de um fim de 2016 carregado de alegrias, tristezas, perdas irreparáveis e muito amor."

Acompanho o blog da Ana Clara Garmendia há muitos anos. É inspirador, cheio de fotos interessantes, com um jeito particular de interpretar tendências e novidades, no mundo da moda. Mas foi do Facebook, que trouxe o seu desabafo.
Aliás, encontrei sua página no Face através da Graça, minha amiga querida. Descobri que são comadres e grandes amigas, há muito tempo, o que comprova que o mundo é, mesmo cheio de coincidências. Não é que a Ana Clara é uma "Guria de Bagé"?


15.11.16

1ª quinzena de novembro



Ventania, campo florido, dias maiores, mais tempo ao ar livre... E os dias passam numa pressa impressionante! 
O Ricardo, nessa semana esteve bem envolvido. Nasceu uma terneirinha fraquinha, que precisou de ajuda e mamadas extras, para poder se juntar à mãe e voltar para o campo.
Meu varal sempre é movimentado! Os passarinhos sempre vem xeretar a roupa estendida! Acabo fotografando, são tão bonitinhos!
Mas o que gostei mais foi da visita da Lídia! Ficou alguns dias conosco! Tão bom!

11.11.16

Sem medo de ser feliz


"O futuro nos constitui tanto quanto o passado"

Eliane Brum, em análise dos tempos que vivemos, afirma: "Precisamos de uma paleontologia dos fósseis do amanhã, ou de uma psicanálise dos traumas futuros."
A seguir, alguns trecho, do artigo, publicado no site do "El Pais":

"A escavação que fazemos da vida é para trás. Seja sobre o indivíduo, seja sobre a sociedade, seja sobre o mundo. Vamos arrancando as camadas de acontecimentos, alguns com uma daquelas escovinhas de arqueólogo, cuidando para não apagar um pedaço no processo, outros arrancando lascas. E tentando dar sentidos, seja para um trauma de infância, seja para o holocausto judeu, seja para o impeachment de uma presidente ou o suicídio de outro. Sentidos que se ressignificam constantemente a partir de novos indícios, interpretações e também circunstâncias. Compreendemos o presente a partir da investigação viva – e polifônica – do passado. Como chegamos até aqui, seja uma pessoa, um país, uma organização, um partido ou um grupo terrorista, implica uma obviedade: a análise do percurso."
"Mas penso que, para compreender o mal-estar deste momento, e não só no Brasil, é preciso olhar também para outro lugar: é preciso compreender que o futuro nos constitui tanto quanto o passado."

"Nosso presente é tão impactado pelo futuro que somos capazes de imaginar 
quanto pelo passado que tentamos compreender."

"...é preciso compreender que o futuro nos constitui tanto quanto o passado. Não o futuro que efetivamente será, aquele que em seguida vira pretérito, sujeito a interpretações múltiplas. Mas a ideia de futuro, esta que nos move no presente. E, por nos mover, influencia de modo decisivo o que somos neste momento. Nosso presente é tão impactado pelo futuro que somos capazes de imaginar, quanto pelo passado que tentamos compreender."
"É brutal conjugar a vida no presente quando a ideia de futuro é uma distopia. Para que a vida seja possível no presente é preciso ser capaz de imaginar não apenas um futuro onde se possa viver, mas um pouco mais: um futuro onde se queira viver. "

Leia o artigo na íntegra aqui.

10.11.16

Sanduíche de banana com chocolate

Ingredientes:
2 fatias de pão de fôrma (branco ou integral);
2 ½ colheres (sopa) de chocolate derretido em banho-maria;
1 banana em rodelas;
manteiga para untar.
Modo de fazer:
Passe o chocolate, já derretido, em uma das fatias de pão.
Acrescente as rodelas de banana.
Unte a sanduicheira com um pouco de manteiga e toste o sanduíche por 3 minutos.
Foto: Cacá Bratke/Editora Globo)




7.11.16

Questionário

Na minha adolescência, tinha uma brincadeira bem divertida: o "Questionário"! Era um caderno cheio de perguntas e com as linhas devidamente numeradas, para que cada amigo pudesse responder.
Fiquei curiosa e fui pesquisar se essa prática era comum em outros lugares. Encontrei um post como o nome "Caderno de Perguntas", que explica direitinho como funcionava!
Lembrei disso quando vi um artigo no site "Equilíbrio em Vida", intitulado "50 perguntas que irão libertar sua mente (um ótimo questionário para reflexão)". 
(Link - vale a leitura.)





As perguntas são as seguintes:

1. Qual seria a sua idade se você não soubesse quantos anos você tem?

2. O que é pior, falhar ou nunca tentar?

3. Se sabemos que a vida é finita e curta, por que acabamos fazendo tantas coisas que não gostamos e gostamos de tantas coisas que não fazemos?

4. Quando todas as coisas já estão ditas e feitas, será que você disse mais do que fez?

5. De que forma você gostaria de mudar o mundo?
“Porque as pessoas loucas o bastante para acreditar que podem mudar o mundo, são as que o mudam” – Jack Kerouac

6. Se a felicidade fosse a moeda nacional, qual seria o trabalho que te tornaria rico?

7. Você está fazendo aquilo em que acredita, ou você se conforma com o que está fazendo?

8. Se a expectativa média de vida humana fosse de 40 anos, você estaria vivendo sua vida de outra maneira?

9. Até que ponto você realmente controlou o sentido da sua vida?

10. Você está mais preocupado em fazer as coisas direito ou só quer fazer as coisas certas?

11. Você está em um jantar com quatro pessoas que admira muito, mas todos começam a criticar um amigo íntimo seu não sabendo que é seu amigo. A crítica é injustificada e de mau gosto. O que você faz?

12. Se você pudesse dar a uma criança só um conselho, qual seria?

13. Você quebraria a lei para salvar alguém que ama?

14. Você já viu insanidade onde acabou percebendo criatividade?

15. Pense em algo que você sabe que faria diferente da maioria das pessoas? Acha loucura?

16. Como você explicaria o fato de que aquilo que te faz feliz, muito provavelmente não faz todas as pessoas felizes? A felicidade não tem receita.

17. O que está prendendo você de fazer aquilo que realmente quer?

18. Você está se apegando a algo que precisa deixar de ir?

19. Se você tivesse que se mudar agora para um estado ou país muito diferente do que você vive no momento, você iria? Conseguiria abandonar tudo?

20. Você acha que as coisas são como são ou aperta o botão do elevador mais de uma vez, acreditando que isso fará o elevador chegar mais rápido? Você insiste naquilo que acredita ou permite que a aceitação domine você?

21. Hemingway afirmou que felicidade em pessoas inteligentes é coisa mais rara que ele já viu. Mas então,você prefere ser um gênio triste ou uma pessoa simples e alegre?

22. Por que você está onde está?

23. Você gostaria de conhecer alguém como você? Gostaria de ter a sua própria amizade?

24. O que é pior, quando um bom amigo se afasta, ou perder o contato com um bom amigo que mora bem perto de você?

25. Qual é a coisa pela qual você é extremamente grato? Há algo que você possa dizer que é maravilhoso em sua vida?

26. Perder todas suas velhas memórias ou nunca ser capaz de fazer novas?

27. É possível conhecer a verdade sem desafiá-la primeiro?

28. Seu maior medo, em algum momento, se tornou realidade?

29. O que te chateava há 5 anos atrás, ainda te chateia?

30. Qual é a sua memória mais feliz infância? O que a torna tão especial?

31. Em que momento no últimos tempos você se sentiu mais apaixonado e vivo?

32. Esse não é o momento, mas então quando?

33. Caso você não tenha conseguido ainda, o que você tem a perder?

34. Alguma vez você já esteve com alguém , não comentou, mas sentiu que tinha tido a melhor conversa da sua vida?

35. O que a religião representa na sua vida?
36. É possível distinguir, sem sombra de dúvida, o que é bom e o que é mau?

37. Se você ganhasse na loteria, sairá do seu trabalho atual ou está fazendo aquilo que gosta?

38. Você prefere ter menos trabalho para fazer, ou mais trabalho que você realmente gosta de fazer?

39. Você sente como todos seus dias fossem iguais?

40. Quando foi a última vez que você seguiu um caminho apenas com o brilho suave de uma ideia em que você acreditava fortemente?

41. Se você soubesse que todos que você conhece morreriam amanhã, quem você visitaria hoje?

42. Você estaria disposto a reduzir sua expectativa de vida em 10 anos somente para se tornar extremamente atraente ou famoso?

43. Você conhece a diferença entre estar vivo e realmente viver?

44. Quando é o momento de parar de calcular riscos e recompensas, e ir em busca daquilo que se quer?

45. Se aprendemos com os nossos erros, por que estamos sempre com medo de cometer um erro?

46. O que você faria de forma diferente se soubesse que ninguém iria julgá-lo?

47. Quando foi a última vez que você prestou atenção na sua própria respiração?

48. O que você ama? Algum de suas ações recentes expressou abertamente esse amor?

49. Em 5 anos a partir de agora, você vai se lembrar o que você fez ontem? E sobre o dia antes disso? Ou no dia anterior? Os seus dias são marcantes?

50. As decisões estão sendo feitas agora. A pergunta é: Você está as tomando por si ou você está deixando que os outros as tomem por você?


Obs.: Estas perguntas não têm respostas certas ou erradas, mas o objetivo de fazer com que você questione os seus dias.




★`·..·´★


"Como não apequenar a vida?
Dando-lhe sentido."

"A espiritualidade ou religiosidade é uma das maneiras de fazê-lo. A religiosidade, não necessariamente a religião. Religiosidade que se manifesta como convivência, fraternidade, partilha, agradecimento, homenagem a uma vida que explode de beleza. Isso não significa viver sem dificuldades, problemas, atribulações. Mas, sim, que, apesar disso tudo, vale a pena viver." 
"Religiosidade é uma manifestação da sacralidade da existência, uma vibração da amorosidade da vida. E também o sentimento que temos da nossa conexão com esse mistério, com essa dádiva."





 convivência
fraternidade
partilha
agradecimento
homenagem a uma vida que explode de beleza


*Texto Mario Sergio Cortella
*Imagens Instagram

6.11.16

Marco Aurélio Vasconcellos

Jantar/show promovido pelo C.T.G."Querência das Lavras".
Sindicato Rural, Lavras do Sul.






Postei no Facebook, quando cheguei em casa, depois do show:
"Noite especialmente bonita.
Assistir ao show de Marco Aurélio Vasconcellos, depois, pegar a estrada com a lua mostrando o caminho e, ao chegar em casa, ver um céu repleto de estrelas...
Viver é muito bom.
(Por coincidência, escutamos, na vinda, a Rádio Nativa FM de Santa Maria. Estava transmitindo, ao vivo, o 2º Festival Unimed da Canção Nativa. Chico Saratt, acompanhado da Orquestra de Câmara da Ulbra, praticamente repetiu o repertório da noite! Duplamente premiados!)"

Uma música do Gujo Teixeira, que ele cantou:

Pratos na parede

 Sempre gostei de usar pratos, na decoração.
Quando mudei aqui para fora, quis comprar suportes para colocar uns pratos na parede, mas acabei comprando o único que encontrei. E não adiantou procurar, acho que pouquíssimas lojas tem essa espécia de alça, de arame.
Pensei em copiar, mas dá muito trabalho!


Fui pesquisar, na internet, outro jeito de pendurar meus pratos. Achei, inclusive, sites (como este) que sugeriam colar o prato direto na parede! Obviamente não é uma boa ideia para quem mora em casa alugada ou quer pendurar um prato valioso, por ser louça de família ou outro motivo qualquer.
Não era meu caso. Comprei uns pratinhos numa loja, em Pelotas, e não foram caros. Mas colar direto, nem pensar! Adoro mudar as coisas de lugar!

Finalmente achei um jeito simples e eficiente: colar o lacre das latinhas de bebida com Durepox.
Foi o Ricardo quem preparou a cola e colocou no prato, para mim. Foi só esperar secar!
 
Daí foi só por numa parede, para ver o resultado.
Aprovadíssimo! O lacre ficou bem firme e escondidinho!
O abajur, da foto, também foi criação do GalpãodeLata. Outro dia conto como fizemos!

Boas ideias


Para aqueles móveis que estão sempre com a mesma cara!
(Trouxe do Pinterest.)

Para refeições especiais

A transparência revela o cuidado e criatividade, na hora de por a mesa. 
O bom é que dá para brincar até com aquela louça mais simples, de uso diário.


Related Posts with Thumbnails