30.11.14

27.11.14

Morando no "Galpão de Lata"

“Morar é se envolver de maneira afetiva com o espaço
e cercar-se de objetos que signifiquem
e se identifiquem com quem você é.“

Renata Piazzalunga.


Simplicidade. Invenções. Móveis e objetos antigos/usados/reciclados. 
Assim temos "decorado" nossa casa. 
Que ela possa acolher amores e amigos, ser lugar de paz, nosso canto, no mundo, do nosso jeito. 
Não precisamos de muito, para sermos felizes.

Campereando


"A primavera vem brotando verde no campo
para o encanto dos que podem enxergar.
Prenúncio de sonho e vida então se plantam
nos que levantam todo dia prá camperear"

Ricardo Félix Haas, 24/11/2014.



Os dias, lá fora...



Aos pouquinhos, entrando na rotina e descobrindo cada detalhe.
Por exemplo? Tem muitos vagalumes iluminando a noite...

Receber visitas é uma delícia! Em Butiá era raro de acontecer...

Nossa casa ficando muito bonitinha! :)

13.11.14

12.11.14

Bolo Integral da Cema

É simplesmente delicioso, "apesar" de saudável! Heheheh!



1 xícara de aveia em flocos Quaker
1 xícara de farinha integral (Orquídea Multigrãos)
1 xícara de açúcar mascavo
3 ovos inteiros
1/2 xícara de óleo
2 colheres de sopa de canela em pó
1 colher de chá de bicarbonato
1 tampa de Royal
2 bananas cortadas
1 maçã picada
1/2 xícara de granola
Ameixa ou passas

Misturar tudo.
Passar água na forma de pudim de microondas, derramar a mistura e levar ao microondas por um tempo entre 8 e 10 minutos.

10.11.14

Nova vida...



 Registros dos últimos dias no "Galpão de Lata":

* Ricardo tomando chimarrão em frente ao galpão, que dá nome ao lugar.
* Flores de Corticeira na janela do nosso quarto.
* Lua cheia enfeitando o dia.
* Cães&Cavalos adaptados. Lindos!
* Nossa casa, com móveis antiguinhos/velhinhos, que ganhamos de presente. A-do-ro!
* Linguiça e pão de Lavras. Não tem igual, em lugar nenhum!

Não temos telefone nem internet, lá fora. Então, não estranhem nosso silêncio...


"O que define o luxo? Basicamente, mas bem basicamente mesmo, luxo é aquilo que é raro, não necessariamente o que é caro. E raros hoje em dia não são apenas uma pedra preciosa X ou um carro Y.
Silêncio, para muita gente, tornou-se artigo de luxo. Tempo é luxo. Assim como café no bule, fogão à lenha, cheiro de mato e pessoas de alma bonita.
Onde existe tudo isso? No campo. Na fazenda. 
Vai em uma e depois a gente conversa."


"De muda".

Nossa primeira noite no Galpão de Lata.
Como estava chovendo e bem friozinho, aproveitamos para estrear a lareira e assar uma carne de ovelha.
De manhã, café bem cedo, com mel das Lavras.
Tão bom!
- Mel e carne de ovelha presenteados pelo Donairão.


Amigos

Nesses primeiros dias, de mudança, recebemos visitas, ajuda, carinho, incentivos...
Nos sentimos queridos e acolhidos e isso não tem preço!

Visita da Graça e do Caboclo!
Ricardo fez o espinhaço, Caboclo as saladas e o Bolinha, feijão.
Tri bom!!


Guguinha foi camperear, com o Ricardo.
 Muitos outros amigos já foram lá fora, mas fico tão envolvida e feliz, que esqueci de fotografar...

Como tudo começou


A parceria do Waguinho e da Kátia. ♡ ♡ ♡ 

A mudança...

Mais uma reforma

Eu e o Ricardo decidimos morar em Lavras, a 10 km da cidade.
Achamos que a casa precisava de uma pintura.
Nas fotos, o resumo do que temos feito, nos dois últimos meses:
Trouxemos os móveis de Butiá, inventamos mais alguns, ganhamos outros tantos...
Adoro arrumar, inventar, enfeitar.
Aos poucos tudo está ficando com nosso jeito:

Sala. 

Cozinha.

Nosso quarto.

Banheiro.

Para finalizar, nossa "lavanderia" (falta a lavadora)
 e quarto de hóspedes (falta tudo! Só temos o roupeiro...).

3.11.14

"Viva para amar os poemas mais que polêmicas ou problemas"




                                                  "o p da vida
viva apaixonadamente! 
por sua pátria, suas plantas, sua pessoa, seus pets, seu presente, seus parentes, pacientes, pela profissão que defendes. ou dependes.
apaixone-se, diariamente, por seus pares, seus particulares, o público que te privilegia e nem sempre te pertence. 
viva para amar os poemas mais que polêmicas ou problemas; os pés acima das pernas; ame cada passo antes de amar os passeios; ame as pontes, horizontes que parecem passarelas. desfile de mãos dadas com um pensamento leve; reserve um tempo para amar os pontos de partida; ame, inclusive, os finais, passaportes para o próximo parágrafo. 
viva enamorado[a] dos pássaros, do poente, da poesia, das palavras, das portas à sua frente, das passagens proibidas. permita-se amar despudoradamente.
viva, especialmente, como quem está perto da apoteose, próximo de partir para sempre, prestes a ser o pó. corpo presente.
e o principal ingrediente: veja [com olhar de poeta] que a vida é uma festa e você tem convite vip. 
participe!"

Valeria Tarelho

Na ExpoLavras


Ivan Bulcão, em sessão de autógrafos.

Cerveja lavrense.



Related Posts with Thumbnails